Maré descobre emissário submarino na Lagoa de Óbidos

emissario submarino descoberto pela força das marésA amplitude das marés (3.29m) dos últimos dias na Lagoa de Óbidos, levou a uma anormal erosão na margem norte da Lagoa o que originou hoje (17/12/09) a exposição do Emissário submarino que transporta os efluentes urbanos de todo o concelho de Caldas da Rainha.

O emissário submarino está agora a descoberto e é visível numa extensão de aproximadamente 20 metros em frente ao bar Cais da Praia, encontrando-se assim à mercê dos elementos, sob ataque directo da erosão pelo dinamismo das marés.

Esta situação, é grave uma vez que atenta directamente à integridade da estrutura, com um eminente risco de rotura e consequente desastre ambiental, pela descarga de todos esgotos por este transportados, directamente na Lagoa.

O presidente da junta de freguesia da Foz do Arelho, Fernando Horta já há mais de um ano que tem vindo a alertar as entidades responsáveis para esta possibilidade, até agora sem qualquer resultado prático.

Este emissário com a extensão 2.150 metros está ligado a uma rede com cerca de cerca de 20 km de interceptores e outros emissários, com o objectivo de lançar os efluentes tratados num ponto bastante distante das praias e da Lagoa de Óbidos.

Segundo informações de ultima hora está já está prevista uma intervenção de emergência amanhã (18/12/09) logo ao início da manhã.

emissario submarino descoberto pela força das marés emissario submarino descoberto pela força das marés

1 thought on “Maré descobre emissário submarino na Lagoa de Óbidos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *