Foz do Arelho Virtual

Um blog informativo sobre a Foz do Arelho, Lagoa de Óbidos e região Oeste

Ministra do Ambiente vista a Lagoa de òbidos

Ministra do Ambiente assume desassoreamento da Lagoa de Óbidos como prioritário

27.05.2010 – Lusa
O desassoreamento da Lagoa de Óbidos é uma das prioridades do Ministério do Ambiente e não será travado pelas medidas de austeridade, disse ontem a ministra Dulce Pássaro.

“Há naturalmente medidas de austeridade e o sector ambiental não fica fora do esforço global”, disse a governante, numa visita à lagoa, sem precisar acções concretas mas admitindo que haverá intervenções que “vão ter que ser adiadas” e outras “faseadas”.

De acordo com a ministra, as medidas de restrição serão decididas após a conclusão dos estudos que estão a ser elaborados pelos directores gerais, mas as intervenções na Lagoa de Óbidos contam já com orçamentação e inscrição nas prioridades do Plano de Acção aprovado para o Litoral, a desenvolver entre 2007 e 2013.

Dulce Pássaro verificou, na Foz do Arelho, a fase final de uma dessas intervenções, a relocalização da aberta (canal que liga a lagoa ao mar), numa zona mais a sul, para permitir a prática de uma época balnear mais segura na Foz do Arelho.

A obra, que deverá estar concluída na quinta-feira, depois de dois meses de trabalhos desenvolvidos através do INAG (Instituto da Água) com o apoio técnico do LNEC (Laboratório Nacional de Engenharia Civil).

Os trabalhos que implicaram a movimentação de 120 mil metros cúbicos de areia e um custo de superior a 319 mil euros deixaram a ministra convicta de que “estão criadas as condições para ter uma época balnear segura”. “Temos aqui uma praia com declives suaves, areias com um aspecto excelente e águas sem turvação” salientou.

Perante uma comitiva que integrou autarcas dos concelhos ligados à lagoa (Caldas da Rainha e Óbidos), representantes da Comissão de Acompanhamento da Lagoa e técnicos do INAG, a ministra reafirmou o compromisso de avançar com a dragagem de 500 mil metros cúbicos de areia da lagoa antes do final do ano. “Está a ser feito o caderno de encargos e está tudo montado para depois de lançado o concurso e avaliadas as propostas, ser feita a adjudicação e virmos para o terreno” assegurou.

Durante a visita em que inaugurou um percurso pedonal de 13 quilómetros (na Foz do Arelho) e se inteirou das obras de requalificação do Bairro dos Pescadores, no Bom Sucesso (Óbidos), a ministra destacou a importância da “intervenção de grande magnitude” no ecossistema onde no total serão investidos 18 milhões de euros.

Fonte: ecosfera.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1439287

Publicado a 2010-05-27

Voltar

Procurar no website



Sugestões

Junta de Freguesia

    Redes Sociais

    Fotografias!

    

    Comente este assunto - Participe!

    Campos assinalados com (*) são de preenchimento obrigatório!

    Artigos relacionados: